LAPIDANDO VERSOS

Home Quem escreve Meus livros Contato

segunda-feira, 9 de maio de 2016

SONETO AOS PÉS














SONETO AOS PÉS

Pés delicados que prendem olhares...
Pés pequenos que quero sim beijar...
Na luz de estrelas e belos luares
Vestindo na mulher o caminhar;

Pés belíssimos, dignos dos cantares
Amorosos que fazem a alma atar
Laços com seres puros que nos ares
Exalam os perfumes a rolar;

Pés que quero deixar os meus beijinhos...
E milhares de cândidos carinhos...
Pés que mexem com o meu coração;

Como não demonstrar admiração...
Se neles vejo o teu brilho mulher...
Um brilho que minha alma tanto quer;

30-08-13 Soneto

19 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Muito bonito!
Já tinha saudades!!

Beijos de boa noite

http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

Ivone disse...

Que lindos, os pés e os versos, amei ler amigo poeta Samuel, que bom que apareceu, estava com saudade de você!
Abraços apertados!

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Você é incrível nos sonetos menino Samuel!
Linda inspiração.
Bjs-Carmen Lúcia.

Dorli Ramos disse...

Oi Samuel,
Eu sempre tive pés lindos e bem cuidados, de repente me deu dois joanetes.Depois de dez anos os joanetes implodiram, agora cada semana coloco um esmalte de cada cor.
Beijos
Minicontista2

Tais Luso disse...

Oi, Samuel, que bonito poema! Realmente delicados pezinhos femininos passeando sobre poderosos sapatos de salto alto que são um dos maiores fetiches. É um luxo, um glamour, um fetiche ao gosto de todos!
Bjs, querido amigo.

Tais Luso disse...

Nunca vi pés tão lindos como esses da tua foto!!
bj

Mariangela do lago vieira disse...

Que lindo soneto Samuel, e realmente estes pesinhos estão tão lindos!
Amei tua visita, estava com saudades!
Beijos, um ótimo dia,
Mariangela

Samuel Balbinot disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

oiii lindo sonetos... muito delicado

Aline Goulart disse...

Tu és muito bom nos sonetos. Ficou bem delicado e sedutor. Gostei! Obrigada pela tua doce presença no meu blog. Beijinhos.

Carol Russo S disse...

Que delicado Samuel!!!
Os pés realmente são fascinantes...

Patrícia Pinna disse...

Bom dia,Samuel, querido.
Lindos os teus versos, pés maravilhosos, encanto apaixonado, sereno e sublime.
Pés que caminham com graça e doçura, como não se render?
Saudades de ti.
Espero que tudo esteja bem nessa correria da vida!
Beijos na alma e muita paz!

Pensamentos Com Asas disse...

Lindos versos.. parabéns!!!

Larissa Fonseca disse...

Versos românticos, versos lindos! Uma vez mais, digo: parabéns pelo talento.

Smareis disse...

Ola poeta querido amado!
Que saudades!...
Uma lindeza de versos. Super delicado.

Andei dando uma pequena pausa que acabou se alongando. Mais a saudade bateu, e de volta estou no meu blog. Não sei por quanto tempo, mais quem sabe, até uma outra pausa rsrsrs.
Um abraço e ótima semana!
Bjs meus poeta e muitos sorrisos.

Blog Lost Words disse...

Oi Samuel, tudo bem?
Que versos lindos, você sempre sabendo como usar as palavras *-*
Beijos
www.lostwordsin.blogspot.com.br/

Vanessa M. disse...

Olá Samuel
Belos versos, muito inspirados!

Tenha um ótimo fim de semana..
Um grande abraço

Lu Nogfer disse...

Lindo soneto meu querido amigo. Você como sempre tão sensível no poetar, principalmente em se tratando de mulher.
Parabéns pela linda inspiração, doce poeta.

Beijos!

Patrícia Pinna disse...

Boa noite, Samuel.
Olha eu aqui novamente, rs.
Reli teu belo soneto desejando uma excelente semana para você.
Paz, luz, fé e amor.
Saudades.
Beijos na alma.